Celso Niskier
Diretor presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)
Reitor do Centro Universitário UniCarioca
***

Ao receber o ministro Milton Ribeiro para um bate-papo com a ABMES, comemorando os 38 anos da instituição, pudemos conhecer melhor as suas ideias para o Ministério da Educação.

Dizendo-se aberto ao diálogo, o ministro colocou-se como uma pessoa idealista, disposta a resgatar os valores da educação, principalmente na formação do caráter dos estudantes.

Ao responder a uma questão sobre o crescimento da EAD, manifestou-se favoravelmente, desde que seja com qualidade, lembrando a preocupação com as avaliações presenciais, segundo ele indispensáveis para a certificação.

Aproveitou para manifestar a importância dos professores e da sua valorização, com o que nós concordamos, e nos colocamos à disposição para colaborar, considerando que as instituições de educação superior particulares formam, a cada ano, mais de 70% dos novos professores. Um enorme potencial para começar a transformar a formação docente.

Sobre a volta às aulas após a pandemia, o ministro Milton Ribeiro considera que o ensino híbrido terá grande valor, mas alertou para que se tenha todo o cuidado necessário, respeitando a atribuição dos estados e municípios na definição do cronograma.

Ao final da esclarecedora conversa, respondendo a uma pergunta sobre a continuidade dos programas de auxílio aos estudantes carentes, deu a boa notícia: mais 50.000 vagas no Fies e mais 90.000 vagas no ProUni, remanescentes, serão ofertadas a partir de setembro.

O ministro, de forma serena e sem radicalismos, mostrou-se a pessoa certa para ouvir a todos e construir os caminhos para a melhoria da educação brasileira, convidando a ABMES e o setor como um todo para colaborar com propostas e projetos.

Sem dúvida, um desafio que aceitamos, com muita alegria.

Avaliar

Uma resposta para “Um ministro sereno”

  • Durante a entrevista com o Exmo. Ministro da Educação foi muito bem colocado a questão do olhar cuidadoso sobre as licenciaturas, haja vista o desejo de investir em capacitação de professores.

     

Deixe uma resposta

Números do Ensino Superior
Categorias
Autores
Arquivos
Visitantes
wordpress analytics